Aleitamento.com
AmamentaçãoMãe CangurúCriançasCuidado PaternoHumanização do PartoBancos de Leite Humano Espiritualidade & Saúde DireitosProteçãoPromoçãoILCA / IBCLCConteúdo ExclusivoTV AleitamentoGaleria AMNotíciasEventosSites e BlogsLivrariaCampanhas
 
Faça seu login e utilize ferramentas exclusivas. Se esqueceu a senha, acesse o "cadastre-se" e preencha com seu e-mail.

Papa Francisco pede às mães que amamentem em público “sem medo”

Por: Prof, Marcus Renato de Carvalho, IBCLC

 /

Papa pede às mães que amamentem em público

“sem medo”

 

                  Declaração foi feita durante batismo, sacramento presidido por Francisco.

O Papa Francisco presidiu pela quarta vez em seu pontificado o um batismo. Batizou 28 lactentes, a maioria filhos de empregados do Vaticano. Durante a cerimônia, ele chamou a atenção ao exortar as mães das crianças a amamentá-las ali mesmo "sem medo" e "com tranquilidade".

"As crianças estão em um local que não conhecem, se levantaram antes do normal, talvez, e depois começa um (a chorar), dá o tom, e depois os outros o imitam e choram só porque os demais choram também. Jesus fez o mesmo: a primeira prédica de Jesus foi um choro. E depois, como a cerimônia é um pouco longa, alguns podem ter fome. Se é assim, vocês, mamães, amamentem sem medo, com normalidade, como Maria", pediu o Papa.

Apesar do conselho, alguns bebês começaram a chorar. — O concerto começou — brincou Francisco.

'Sem medo, em toda simplicidade. Como a Madona amamentava Jesus', disse Francisco

As palavras do Papa devem ser um alento para mães que ainda enfrentam problemas por querer amamentar em espaços públicos, apesar de na maioria dos países não haver proibição para tal.

Está no Senado Federal do Brasil um projeto que garante o direito de amamentar em público

PLS 514/2015 = PROJETO DE LEI DO SENADO nº 514 de 2015

Autoria Senadora Vanessa Grazziotin

Ementa

Dispõe sobre o direito à amamentação em público, tipificando criminalmente a sua violação.

Explicação da Ementa

Garante o direito à amamentação em público, transformando em crime a sua violação, que também ensejará indenização por danos morais à vítima.

 Ler texto completo

Todo o nosso apoio!

 

 

 

 


Última atualização: 9/1/2017

 

Curtir

Comentários


Essa é uma área colaborativa, por isso, não nos responsabilizamos pelo conteúdo. Leia nossa Política de Moderação.
Caso ocorra alguma irregularidade, mande-nos uma mensagem.

 

Depoimentos

Gostou do site? Ele te auxiliou em algum momento? Deixe seu depoimento, assine nosso livro de visitas! Clique aqui.

Quem Somos | Serviços | Como Apoiar | Parceiros | Cadastre-se | Política de Privacidade/Cookie/Moderação | Fale Conosco
O nosso portal possui anúncios de terceiros. Não controlamos o conteúdo de tais anúncios e o nosso conteúdo editorial é livre de qualquer influência comercial.
Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade/Cookie.
21 Ano no ar ! On-line desde de 31 de julho de 1996 - Desenvolvido por FW2 Agência Digital