Aleitamento.com
AmamentaçãoMãe CangurúCriançasCuidado PaternoHumanização do PartoBancos de Leite Humano Espiritualidade & Saúde DireitosProteçãoPromoçãoILCA / IBCLCConteúdo ExclusivoTV AleitamentoGaleria AMNotíciasEventosSites e BlogsLivrariaCampanhas
 
Faça seu login e utilize ferramentas exclusivas. Se esqueceu a senha, acesse o "cadastre-se" e preencha com seu e-mail.

\ Amamentação \ Pesquisas \ Artigo

Aleitamento Materno e consumo calórico - Tese de Mestrado

Por: Fabíola Figueiredo Nejar e colaboradores

Padrões de aleitamento materno e adequação energética

Breastfeeding patterns and energy adequacy

 

R e s u m o

Com o objetivo de analisar o consumo energético de

crianças £ de 6 meses, em diferentes padrões de aleitamento

materno, foram colhidas informações na primeira observação de

estudo de coorte. Mães de Campinas , São Pa u l o, Bra s i l ,f o ram

entrevistadas em seus domicílios sobre : condições sócio-

demográficas, c a ra c t erísticas do aleitamento materno, consumo

alimentar dos lactentes. A adequação energética foi estimada pelo

volume de leite materno consumido com base na equação de

regressão de Drewett et al. 1; os va l o res de

referência seguiram recomendação da Or g a n i z a ç ã o

Mundial da Saúde 2 e da Food and Nu t rtition Bo a rd 3.

A população de estudo (118) caracteriza-se como de

classe média baixa, em condições satisfatórias de moradia

e saneamento. O desmame inicia-se precoceme n t e , com mediana

de duração do aleitamento materno exc l u s i vo de 2,7 meses.

 O volume de leite materno consumido foi de 561ml, 558,9ml e de

515,2ml, em aleitamento materno exc l u s i vo, aleitamento materno

com água e/ou chá e complementado com outros alimentos,

respectivamente. O consumo energético médio

foi adequado para as crianças em aleitamento materno exc l u s i vo e

acima do recomendado para crianças em amamentação

complementada ou desma m a d a s .

 

Nutrição In f a n t i l ; Leite Ma t e r n o ; De s m a m e

 

1 De p a rtamento de Me d i c i n a

Pre ve n t i va e Social,

Faculdade de Ci ê n c i a s

M é d i c a s , Un i ve r s i d a d e

Estadual de Ca m p i n a s ,

Ca m p i n a s , Bra s i l .

2 Instituto de Saúde,

C o o rdenadoria dos In s t i t u t o s

de Pe s q u i s a , Se c re t a r i a

Estadual de Saúde de São

Pa u l o, São Pa u l o, Bra s i l .

 

C o r re s p o n d ê n c i a

Fabíola Fi g u e i redo Ne j a r

De p a rtamento de Me d i c i n a

Pre ve n t i va e Social,

Faculdade de Ci ê n c i a s

M é d i c a s , Un i ve r s i d a d e

Estadual de Ca m p i n a s .

C . P. 6 1 1 1 , Ca m p i n a s ,S P

1 3 0 8 1 - 9 7 0 , Bra s i l .

f n e j a r @ i c o n e t . c o m . b r

 

A b s t r a c t

To analyze caloric adequacy in infant feeding

six months of age or under, the volume of b re a s t

milk consumed was estimated through a reg

ression equation as proposed by Drewett 1.

En e r gy adequacy was estimated according to

Wo rld Health Organization guidelines for developing

countries 2 and the recommended d a ily

allowance of the Food and Nutrition Bo a rd

3 . A cross-sectional analysis was conducted on

data from a cohort of 118 infants in a neighb

o rhood around a health center in Ca m p i n a s ,

São Pa u l o, Bra z i l , with home interv i ews by

t rained students. Data were gathered on social

and demographic chara c t e r i s t i c s , infant feeding

patterns, d u ration of bre a s t f e e d i n g , f requency

of feedings, and age when breast milk

substitutes were intro d u c e d . On ave ra g e , w e a ning

began earl y, with a 2.7-month median duration

of exc l u s i ve bre a s t f e e d i n g . Mean bre a s t

milk volume was estimated (from frequency of

feeding) as 561.0ml, 558.9ml and 565.5ml for

c h i l d ren in exc l u s i ve , p re d o m i n a n t , and supplemented

bre a s t f e e d i n g , re s p e c t i ve l y. Me a n

e n e r gy consumption was adequate for all exc

l u s i vely breastfed children re g a rdless of age

and above the recommended level for infants

with supplemented breastfeeding and those

a l ready weaned.

Infant Nu t r i t i o n ; Human Mi l k ;We a n i n g

 

* Artigo baseado em informações do projeto C o n s u m o

Alimentar e Saúde, processo Fundação de Amparo à

Pesquisa do Estado de São Paulo 98/14794-7 que originou

a tese de mestrado Ca racterística e Ad e q u a ç ã o

do Consumo Alimentar de Crianças, do Na s c i m e n t o

aos Seis Meses de Id a d e , e sua Relação com o Al e i t amento

Ma t e r n o, De p a rtamento de Medicina Preventiva e Social,

Faculdade de Ciências Médicas, Un i ve rsidade

Estadual de Ca m p i n a s, 2001.
 
 

PS:

Você pode ler o artigo completo publicado nos Cadernos de Saúde Pública - baixando-o em pdf.

Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 20(1):64-71, jan-fev, 2004

 

Arquivos para download:
Donwload 1


Última atualização: 2/2/2011

 

Curtir

Comentários


Essa é uma área colaborativa, por isso, não nos responsabilizamos pelo conteúdo. Leia nossa Política de Moderação.
Caso ocorra alguma irregularidade, mande-nos uma mensagem.

 

Depoimentos

Gostou do site? Ele te auxiliou em algum momento? Deixe seu depoimento, assine nosso livro de visitas! Clique aqui.

Quem Somos | Serviços | Como Apoiar | Parceiros | Cadastre-se | Política de Privacidade/Cookie/Moderação | Fale Conosco
O nosso portal possui anúncios de terceiros. Não controlamos o conteúdo de tais anúncios e o nosso conteúdo editorial é livre de qualquer influência comercial.
Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade/Cookie.
24 Ano no ar ! On-line desde de 31 de julho de 1996 - Desenvolvido por FW2 Agência Digital