Aleitamento.com
AmamentaçãoMãe CangurúCriançasCuidado PaternoHumanização do PartoBancos de Leite Humano Espiritualidade & Saúde DireitosProteçãoPromoçãoILCA / IBCLCConteúdo ExclusivoTV AleitamentoGaleria AMNotíciasEventosSites e BlogsLivrariaCampanhas
 
Faça seu login e utilize ferramentas exclusivas. Se esqueceu a senha, acesse o "cadastre-se" e preencha com seu e-mail.

CESARIANA FAZ MAL TAMBÉM PARA O BEBÊ, mesmo sendo a "NATURAL"

Por: BBC News + ANS

Cesariana aumenta riscos de problemas respiratórios em bebê,

diz estudo

Parto normal auxilia no amadurecimento no pulmão

Um estudo realizado por pesquisadores dinamarqueses sugere que bebês nascidos de cesarianas têm mais chances de desenvolver problemas respiratórios.

 Os cientistas, da Universidade de Aarhus, analisaram dados obtidos de 34 mil partos e concluíram que as mães que haviam optado pela cesariana em vez do parto normal aumentaram em até quatro vezes o risco de seus bebês apresentarem problemas no pulmão.

No estudo, publicado no British Medical Journal, os pesquisadores salientam que os riscos podem ser menores se a cesariana for feita de emergência e não por escolha.

Os pesquisadores explicam que durante o parto normal, o bebê passa por transformações hormonais e fisiológicas que contribuem para o “amadurecimento do pulmão”.

“As mudanças hormonais e fisiológicas associadas ao parto normal e necessárias para o amadurecimento do pulmão podem não ocorrer quando a mãe escolhe fazer cesariana”, afirmam os pesquisadores.

Ainda segundo os especialistas, quanto mais cedo a mãe for operada, maiores são os riscos de problemas respiratórios no bebê.

Eles observaram que os bebês nascidos de cesariana na 37ª semana de gestação tinham quatro vezes mais chances de apresentar deficiências respiratórias do que os nasceram na 38ª semana (três vezes mais chances) e na 39ª semana (duas vezes mais chances).
 

 
 

 

 

 

Planos de saúde irão incentivar parto normal

 

21/12/2007

Uma campanha da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) para incentivar o parto normal teve início este mês. Os planos de saúde enviarão para suas beneficiárias dos planos com cobertura obstétrica de 15 a 49 anos cartas para incentivar o movimento.

O objetivo da agência é estabelecer um movimento em favor do parto natural e da redução das cesarianas desnecessárias nos planos de saúde.

Fonte: ANS

 

Hospital em Londres adota "cesariana natural”?!

 

26/12/2007

 

Um hospital de Londres adotou o que chama de "cesarianas naturais" para tornar este tipo de cirurgia menos traumática para mães e bebês.

O procedimento permite que os pais vejam a criança sair da barriga da mãe, como acontece em um parto normal.

Nas cesarianas tradicionais, a mãe só vê a parte de cima de seu corpo. Por trás de uma tela de proteção, o bebê é retirado rapidamente depois de feito o corte.

Em um caso documentado em fotografias, os pais, Sheri e Jason, puderam assistir ao nascimento de seu filho Evan. Um minuto após colocar a cabeça para fora, a criança começou a chorar.

Os médicos do hospital Queen Charlotte, em Londres, levaram três minutos para completar a operação. Depois de vir à luz, o menino foi imediatamente passado aos braços da mãe.

Segundo os especialistas, o procedimento ameniza a experiência traumática de uma cirurgia invasiva como a cesariana.

A diretoria do Queen Charlotte disse que a "cesariana natural" vem se tornando um procedimento estabelecido no hospital.

Fonte: Folha Online

 

 

 

 

 

Leia mais, aqui no www.aleitamento.com:

 

"Epidemia de CESAREANAS" prejudica mães e bebês

 

NASCER por CESÁREA: MAIS RISCO de MORRER

 

RISCO da CESARIANA & CAMPANHA pelo PARTO NORMAL

 

Por um PARTO RESPEITOSO com a MULHER


Última atualização: 21/1/2011

 

Curtir

Comentários


Essa é uma área colaborativa, por isso, não nos responsabilizamos pelo conteúdo. Leia nossa Política de Moderação.
Caso ocorra alguma irregularidade, mande-nos uma mensagem.

 

Depoimentos

Gostou do site? Ele te auxiliou em algum momento? Deixe seu depoimento, assine nosso livro de visitas! Clique aqui.

Quem Somos | Serviços | Como Apoiar | Parceiros | Cadastre-se | Política de Privacidade/Cookie/Moderação | Fale Conosco
O nosso portal possui anúncios de terceiros. Não controlamos o conteúdo de tais anúncios e o nosso conteúdo editorial é livre de qualquer influência comercial.
Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade/Cookie.
24 Ano no ar ! On-line desde de 31 de julho de 1996 - Desenvolvido por FW2 Agência Digital