Aleitamento.com
AmamentaçãoMãe CangurúCriançasCuidado PaternoHumanização do PartoBancos de Leite Humano Espiritualidade & Saúde DireitosProteçãoPromoçãoILCA / IBCLCConteúdo ExclusivoTV AleitamentoGaleria AMNotíciasEventosSites e BlogsLivrariaCampanhas
 
Faça seu login e utilize ferramentas exclusivas. Se esqueceu a senha, acesse o "cadastre-se" e preencha com seu e-mail.

COMO DEVEM SER AS PRIMEIRAS PAPINHAS ?

Por: Fania Szydlow Benchimol

Introduzindo novos alimentos.

         

 

 A partir dos seis meses de idade, é indicada a introdução de novos alimentos, além do leite materno. O bebê que mama ao seio só conhece o leite materno como alimento. Reconhece nele o prazer, a saciedade e emoções que somos certamente incapazes de descrever. Ao introduzir alimentos diferentes do leite materno devemos ter a preocupação de promover, senão a mesma, ao menos semelhante emoção ao bebê. Esta tamanha responsabilidade deve acontecer naturalmente, sem angústia ou ansiedade, e com muita alegria. A tranqüilidade por parte de quem acompanha o processo, neste momento, é fundamental. Afinal, cada alimento desta nova experiência será introduzido aos poucos, passo a passo, a cada visita ao pediatra.

Algumas dicas são muito importantes para o sucesso na aceitação de novos alimentos:

· Aproveite para introduzir as primeiras colheradas nos horários das mamadas. É quando o bebê sente fome.

· Na disputa entre o sono e a alimentação, quem vence é o sono. Assim, escolha o melhor horário do dia para as primeiras tentativas.

    * Qualquer mudança na rotina (viagens ou mudanças) é condição desfavorável para este novo momento. Assim sendo, vale a pena aguardar o estabelecimento de uma nova rotina para iniciar o processo.

· Muitos bebês não aceitam prontamente novos alimentos. Assim, é muito importante pensar em algumas tentativas.

· Lembre-se que este é o primeiro contato do bebê com a colher. Ela deve fazer parte da "brincadeira".

No novo esquema alimentar, as primeiras mamadas a serem abandonadas são as do meio da manhã e da tarde, quando serão introduzidas as primeiras frutas e as primeiras papinhas. No começo serão algumas colheradas, a passos lentos. Afinal, trocar o leite por este novo universo alimentar requer paciência por parte de quem, com muita empolgação, oferece a alimentação.

Geralmente, inicia-se a introdução pela fruta no horário da manhã. No entanto, dependendo do horário eleito, a papa de vegetais pode ser uma opção interessante.

Os primeiros alimentos a serem introduzidos geralmente são alimentos de sabor adocicado, tal qual o leite. Assim, caso a introdução seja iniciada pela papa de vegetais, a opção cenoura, chuchu e batata (sem sal!) é uma boa dica.

Maçã, pêra e banana são as primeiras frutas. Para oferecer a maçã, lave-a bem, corte (com uma faca limpa e enxuta) ao meio, e, com a ajuda de uma colher, raspe a polpa da fruta e dê ao bebê. Utilize sempre frutas maduras, íntegras, sem furos ou manchas e com coloração característica.

É importante que todas as frutas utilizadas sejam "preparadas" no momento de servir. Ao amassar pêra ou banana, certifique-se de que todos os utensílios (faca, garfo,colheres e pratos) utilizados estejam bem limpos.

Introduzir alimentos aos poucos é também uma dica muito importante. As primeiras colheradas ainda obedecem ao reflexo de sugar. Aos poucos, a mastigação e a deglutição são aprimoradas. Por este motivo, algumas caretas que podem ser interpretadas como recusa ao alimento, na verdade, fazem parte deste exercício, da transição do mamar para o mastigar.

A princípio, serão uma ou duas colheradas seguidas de uma mamada. Em seguida, ½ fruta, até finalmente completar 1 fruta inteira (ou duas), que substituirá o horário de uma mamada. Respeitar o limite de cada criança facilita as futuras introduções.

Para papinhas de vegetais comece também com algumas colheradas e evolua, até, finalmente, completar o volume de 200 a 240ml.

Ao final de oito meses muitos alimentos já terão sido experimentados e introduzidos na alimentação: praticamente todos os vegetais, frutas, cereais e, inclusive, gema de ovo e feijão.

Ao escolher a colher, opte por uma pequena, de preferência coberta com material emborrachado para não machucar a gengiva do bebê.

Alguns alimentos capazes de provocar reações alérgicas serão introduzidos ao final do primeiro ano de vida. Mais uma vez, a orientação do pediatra é fundamental, pois você e ele são as pessoas que mais conhecem o bebê.

Sucesso!

Exclusivo para www.aleitamento.com:  Fania Szydlow Benchimol

Nutricionista - CRN 4951002767

Rio de Janeiro - RJ

 

 

 


Última atualização: 1/4/2011

 

Curtir

Comentários


Essa é uma área colaborativa, por isso, não nos responsabilizamos pelo conteúdo. Leia nossa Política de Moderação.
Caso ocorra alguma irregularidade, mande-nos uma mensagem.

 

Depoimentos

Gostou do site? Ele te auxiliou em algum momento? Deixe seu depoimento, assine nosso livro de visitas! Clique aqui.

Quem Somos | Serviços | Como Apoiar | Parceiros | Cadastre-se | Política de Privacidade/Cookie/Moderação | Fale Conosco
O nosso portal possui anúncios de terceiros. Não controlamos o conteúdo de tais anúncios e o nosso conteúdo editorial é livre de qualquer influência comercial.
Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade/Cookie.
26 Ano no ar ! On-line desde de 31 de julho de 1996 - Desenvolvido por FW2 Agência Digital